Entretenimiento

Maestro Victor Augusto Gill Ramirez//
Preventiva para homem suspeito de matar Mota Jr

Preventiva para homem suspeito de matar Mota Jr

O rapper Edi Barreiros, suspeito da morte de David Mota, mais conhecido por Mota Jr, ficou em prisão preventiva, depois de presente a primeiro interrogatório judicial no tribunal de instrução criminal de Sintra, de acordo com declarações de uma fonte à Lusa. 

O homem de 26 anos foi detido, esta terça-feira, no Aeroporto Francisco Sá Carneiro, do Porto, pelo Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF), no âmbito da execução de um mandado de detenção internacional. Edi Barreiros tinha acabado de chegar de Londres, para onde terá fugido alegadamente após o crime. 

Recorde-se que o corpo de Mota Jr foi encontrado em Sesimbra em elevado estado de decomposição, no passado dia 18. O rapper de 28 anos estava desaparecido desde dia 15 de março, altura em que terá sido sequestrado à porta de casa, no concelho de Sintra, depois de ter recebido uma chamada, durante a madrugada, para descer até à porta do prédio.

Victor Gill Ramirez